Artigo

Title

Top 6 motivos para poupar dinheiro

Imagem Teaser

Porquinho mealheiro

Body

Há quem acredite que o dinheiro existe para se gastar e, embora isso possa ser verdade, o dinheiro também foi feito para se poupar. Porquê? Por vários motivos e todos eles para seu benefício pessoal e financeiro. Veja porque deve começar a poupar dinheiro já hoje.

  1. Fundo de emergência. Um dos motivos mais importantes para poupar dinheiro é para assegurar um fundo de emergência. A vida prega-nos muitas partidas, todas elas inesperadas e, por isso mesmo, convém ter algum dinheiro poupado no caso de surgir alguma situação imprevisível como uma doença, um acidente de carro, um problema em casa ou até mesmo o desemprego. O ideal é ter dinheiro suficiente para aguentar todas as despesas mensais para um período de 3 a 6 meses. Se ainda não tem um fundo de emergência, está na hora de começar a poupar para construir um: analise o que ganha e quanto gasta por mês e veja qual o montante que pode colocar de parte todos os meses. Depois, agende uma transferência bancária mensal para uma conta poupança (ou outra conta qualquer) para assegurar que o seu fundo de emergência cresça continuamente. Num momento de aperto financeiro, vai congratular-se por ter um bom pé-de-meia.
  2. Para comprar uma casa. Comprar uma casa própria é o sonho de muitas pessoas e, para que esse sonho se transforme em realidade, é preciso ter dinheiro. Quanto mais dinheiro puder disponibilizar para a entrada da compra de uma casa, mais baixa será a sua prestação mensal, o que lhe permite continuar a poupar dinheiro! Se já for proprietário de uma casa, as suas poupanças podem servir para comprar uma segunda casa – na praia ou no campo, por exemplo – para modernizar o seu lar através de uma nova decoração, mobiliário novo ou obras de melhoramento. Não valerá a pena poupar hoje para amanhã poder ter a casa dos seus sonhos?
  3. Para adquirir um carro novo. Já quase ninguém vive sem um carro, meio de transporte por excelência nos dias que correm. Há quem veja o carro como uma ferramenta puramente prática e utilitária, mas há também quem aprecie os automóveis e goste de trocar frequentemente de carro, de ter dois carros ou até mesmo uma coleção de carros antigos. Seja qual for o motivo, as poupanças no dia-a-dia podem ser meio caminho andado para a aquisição de um carro novo, sem grandes crises no que toca à sua gestão financeira – até porque quanto mais dinheiro tiver poupado, mais pode negociar na hora da compra e menor será a sua prestação (que pode até ser inexistente se pagar a pronto). E não se esqueça que existem inúmeras formas de poupar no combustível para o seu automóvel!
  4. Divertimento. O dinheiro também serve para nos trazer prazer e momentos bem passados, por isso, poupar dinheiro para se poder divertir é uma opção tão válida como qualquer outra. Seja para poder desfrutar de momentos de lazer, comprar um computador novo, renovar o guarda-roupa ou fazer uma viagem espetacular, sabe tão bem conseguir poupar para desfrutar das coisas que nos fazem feliz. Outro benefício de poupar para os seus momentos de divertimento? Pagando a pronto, não tem de recorrer a créditos ou empréstimos que possam acabar por prejudicar ou comprometer o seu plano de poupança mensal.
  5. Para assegurar uma boa reforma. Trabalhar hoje para gozar amanhã, também implica poupar agora, para assegurar uma boa reforma. Crie uma conta específica para o efeito, onde deposita mensalmente um valor fixo ou então invista num plano de poupança reforma e veja os juros a acumular com o passar dos anos. Quanto mais cedo começar a poupar para a reforma, menos terá de poupar no futuro, ou seja, a sua única preocupação será usufruir dos seus anos dourados.
  6. Futuro dos filhos. Quem tem família e filhos tende a pensar a longo prazo porque quer assegurar um futuro de segurança e conforto para todos. Por isso mesmo, um dos grandes motivos para poupar dinheiro é para garantir um bom futuro aos filhos, podendo oferecer-lhes um curso universitário, o seu primeiro carro, apoiá-los num momento de desemprego ou ajudar-lhes com a entrada para a sua primeira casa. Afinal de contas, faz-se de tudo por um filho… incluindo poupar!