Artigo

Title

Pequenos gestos… para poupar muito tempo!

Imagem Teaser

Mulher com despertador na cabeça

Body

Na vida agitada que preenche o século XXI, proferimos e ouvimos, vezes sem conta, a frase: “não tenho tempo”! A escassez desse precioso bem prende-se com muitos motivos: falta de organização e gestão pessoal, somos facilmente distraídos, existem muitas pessoas ou compromissos nas nossas vidas que nos ocupam muito tempo… e a lista continua. No entanto, existem vários pequenos gestos que podem acrescentar tempo precioso ao seu quotidiano. Conheça-os!

  • Comece a levantar-se 10 ou 15 minutos mais cedo todos os dias. Pode custar-lhe inicialmente, mas os benefícios são tantos, que depressa se tornará um hábito em vez de um sacrifício. Em alternativa, acerte os seus relógios alguns minutos para a frente.
  • Aproveite o fim-de-semana para planear o que vai vestir durante a semana que se segue (recorra aos sites de meteorologia para ter uma ideia da previsão do tempo) e organize cada visual num só cabide para ter tudo à mão. As suas manhãs agradecem!
  • À noite, antes de se deitar, deixe tudo o que precisa para o pequeno-almoço (canecas, pratos, copos, açúcar, pão, cereais, fruta…) preparado em cima da bancada.
  • Durante o fim-de-semana, ou até no início da semana, planeie as refeições de cada dia, comprando tudo o que necessita para esses menus de uma só vez.
  • Faça as compras uma vez por semana, evitando paragens diárias nos supermercados. O mesmo aplica-se ao pão: compre em grandes quantidades e congele.
  • Opte por comprar em grandes quantidades – principalmente produtos sem prazo de validade – para evitar saídas desnecessárias ao supermercado para adquirir papel higiénico ou envelopes, ou aos correios porque necessita de selos.
  • Sempre que puder, cozinhe a mais, aproveitando esses alimentos para confeccionar as refeições do(s) dia(s) seguinte(s).
  • Ponha os electrodomésticos a trabalhar para si: aproveite ao máximo todas as potencialidades das máquinas de lavar e secar roupa, a máquina de lavar louça, microondas, triturador, varinha mágica, batedeira eléctrica…
  • Em vez de perder imenso tempo a esfregar os tachos e as panelas do jantar, deixe-os de molho e a amolecer durante a noite. No dia seguinte, será muito mais fácil lavá-los.
  • Em casa, divida as tarefas diárias entre todos, incluindo as crianças! Onde todos ajudam, nada custa… e mais tempo sobra para toda a família!
  • Mantenha a sua casa o mais organizado possível e certifique-se que todos saibam o lugar certo de cada coisa. Assim, ninguém perde tempo à procura de nada.
  • Lave os dentes enquanto está no duche.
  • Deixe o cabelo secar naturalmente enquanto toma o pequeno-almoço ou faz outra coisa qualquer. Assim, passará menos tempo debaixo do secador.
  • Estenda a roupa mal acabe de lavar. Vai evitar enrodilhar demasiado a roupa o que, por sua vez, vai poupar-lhe tempo na hora de passar a ferro.
  • Adira ao homebanking e evite visitas desnecessárias ao seu banco. No início da semana, levante uma quantia de dinheiro suficiente para essa mesma semana. Em alternativa, mantenha uma caixinha com dinheiro em casa para as emergências, evitando uma corrida à caixa multibanco à meia-noite ou às sete da manhã.
  • Ao longo do ano, guarde todos os recibos e documentos necessários para o IRS (Portugal) ou IRPF (Brasil). Assim, quando chegar a altura de o entregar, já tem tudo organizado.
  • Pague todas as contas via débito directo e evite deslocações e tempo perdido nas filas do banco ou dos vários serviços.
  • Crie rotinas diárias ou semanais: à segunda-feira fazem-se as compras, o sábado de manhã é para tratar da roupa suja… concentrar as tarefas rotineiras num só bloco – em vez de fazer uma máquina de roupa todas as noites por exemplo – vai poupar-lhe tempo a longo prazo.
  • Se tiver crianças, estabeleça um horário fixo para se deitarem. Libertará algum tempo precioso para fazer dos seus serões o que bem entender.
  • Optimize os seus tempos de espera no consultório do dentista, nas filas das finanças ou nas viagens diárias de comboio para fazer telefonemas importantes, organizar a sua agenda ou adiantar trabalho nalgum projecto ou relatório.
  • Despache os seus afazeres de uma só vez. Por exemplo, vai buscar uma pilha de correio, entre os quais estão vários catálogos ou folhetos de publicidade, duas cartas importantes e outras tantas que não parecem fundamentais. Abre as importantes e deixa o resto na mesa da entrada. No dia seguinte faz o mesmo e talvez repete o gesto ainda outra vez. No final da semana, vai ter de ver outra vez tudo, perdendo o dobro do tempo do que se tivesse aberto o correio diariamente, arquivando o mais importante e colocando na reciclagem o resto.
  • Renda-se às compras online e veja tudo a ser entregue à porta da sua casa!
  • Faça exercício físico (bicicleta estática, alongamentos ou aeróbica) enquanto vê as notícias.
  • Tenha uma agenda (em forma de caderno, no telemóvel ou computador) e utilize-a para organizar eficientemente cada dia.
  • Quando tiver de sair para tratar de um assunto, tente juntar-lhe outros. Ou seja, em vez de ir apenas ao supermercado, aproveite também para passar na lavandaria, na loja dos animais, no sapateiro e nos correios.
  • Enquanto fala com a sua mãe ou amigos ao telefone, ponha a mesa, arrume o quarto ou comece a preparar o jantar.
  • Quando levar o cão à rua, aproveite para fazer uma caminhada ou um pouco de jogging.
  • Se puder, contrate um jardineiro, alguém para lhe limpar os vidros uma vez por mês ou entregue a sua roupa a uma engomadoria – o dinheiro que gastará não será nada, em comparação ao tempo precioso que vai ganhar!
  • Não tente fazer tudo o que lhe peçam, nem estar em todo o lado ao mesmo tempo. Quando não é possível diga, de forma simples e educada, que “não”.