Artigo

Title

Como poupar dinheiro quando se é universitário

Imagem Teaser

Estudante exame

Body

Os tempos de estudante universitário são marcados por tantas experiências boas: descobrir o que se quer fazer na vida, novos amigos e amores, independência dos pais e… pouco dinheiro! Saiba como rentabilizar a sua mesada para ter sempre dinheiro, especialmente para as coisas que interessam!

  • Investigue todas as bolsas de estudo existentes e concorra àquelas que sejam adequadas à sua situação. No entanto, quando receber esse dinheiro resista à tentação de começar a gastá-lo impulsivamente – em vez disso, canalize-o para o seu orçamento mensal ou crie um fundo de emergência.
  • Em vez de comprar livros, peça emprestado a colegas de outros anos ou procure edições em segunda mão online.
  • Embora seja sempre bom viver sozinho, partilhar uma casa com outros colegas é uma excelente forma de diminuir as despesas de renda, água, luz e gás. De todos os tipos de alojamento, as residências universitárias são as mais económicas.
  • Ainda em termos de renda, saiba que quanto mais perto da universidade, mais caras são as casas.
  • Informe-se junto da sua instituição financeira, qual a melhor conta para um estudante universitário e quais as principais vantagens. Resista à obtenção de um cartão de crédito.
  • Uma excelente forma de poupar dinheiro é fazer dinheiro, por isso, porque não arranjar um part-time?
  • Sempre que puder, traga alimentos ou outras coisas que normalmente precisa de comprar da casa dos seus pais – se a sua mãe oferecer, aproveite!
  • Quando for às compras, opte pelas “marcas brancas”, em termos de apresentação e paladar são iguais às “grandes marcas”. A única diferença são as embalagens, o que explica o facto de serem sempre mais baratas.
  • Sempre que possível, coma em casa. Se tiver de comer fora, escolha a cantina – oferece as refeições mais baratas da universidade e arredores.
  • Não compre mais do que vai consumir nessa semana (principalmente se volta para casa dos pais todos os fins de semana), até porque comida estragada é dinheiro deitado fora.
  • Aprenda a comer bem e barato – existem inúmeras receitas online que lhe ensinam a fazer isso mesmo.
  • Combine com os colegas de casa que cada um faz um jantar por noite para os restantes – é uma excelente forma de poupar tempo e dinheiro.
  • Quando viajar, escolha sempre os transportes públicos e não se esqueça de dizer que é estudante: os tarifários são mais baratos!
  • Quando for para casa dos pais ao fim-de-semana tente descobrir alguém que vá para os mesmos lados e que lhe possa dar boleia.
  • Em vez de instalar Internet em casa, usufrua dela na universidade e em todos os locais onde existe Internet wireless grátis.
  • Aproveite ainda a Internet para fazer telefonemas grátis via Skype e fale com os pais, amigos e namorados grátis.
  • Poupe dinheiro em roupa, ao reutilizá-la o trocar com os amigos(as). Existem muitos sites dedicados à reciclagem de vestuário, ensinando como se transformam t-shirts em saias, lençóis em vestidos e calças velhas em calções. Entretanto, pode descobrir que até gosta deste novo hobby… ou então peça à sua mãe para coser os seus novos visuais!
  • Na altura das quadras festivas e aniversários, não se sinta obrigado a comprar uma prenda – todos sabem que é estudante! Procure dividir esse presente com amigos ou familiares ou então ofereça algo feito por si.
  • Pague sempre as contas dentro do prazo, se não, vai ter de gastar dinheiro adicional nas multas.
  • Saiba sempre quanto dinheiro tem no banco para não gastar o que não tem e ainda ficar a dever ao banco (ou ter de pedir aos pais um adiantamento da mesada!).
  • Aproveite para ir ao cinema no dia do estudante, os bilhetes custam metade do preço.
  • Fazer jantares em casa com os amigos – onde todos trazem um prato ou bebida – fica muito mais em conta do que sair e é igualmente divertido. Se saírem e a ideia for “copos”, o bar universitário tem quase sempre os melhores preços. Em termos de discotecas, procure aquelas com “noite de estudante” – isso implica gastar pouco ou nenhum dinheiro.
  • Para qualquer sítio que vá – museus, jardins zoológicos, parques de diversão, lojas – pergunte se existe desconto para estudante. Não custa nada e pode ser surpreendido!
  • Em vez de se inscrever num ginásio, junte os amigos(as) e joguem futebol, basquetebol, façam jogging ou caminhadas.
  • Traga livros e DVDs da biblioteca da universidade, em vez de comprar ou alugar.
  • Esteja sempre atento aos boletins informativos da universidade – pode encontrar um sem número de cursos, workshops, palestras, peças de teatro ou concertos grátis ou a baixo preço. Uma boa alternativa às “noites de copos”.
  • Utilize todos os recursos que a universidade possa disponibilizar (laboratórios, ginásio, consultas médicas, posto de enfermagem) – afinal de contas, é para isso que servem as propinas.