Artigo

Title

5 ideias festivas para poupar dinheiro no Carnaval

Imagem Teaser

Decoração carnaval

Body

Se gosta do Carnaval e não quer deixar de o comemorar em grande, não permita que a carteira vazia o impeça de o fazer. Na verdade, para viver o Entrudo com a típica euforia desta época, o dinheiro não é o mais importante – ao contrário da imaginação. Fique a conhecer algumas sugestões para fazer deste o Carnaval da sua vida. E a valores low-cost, para que ninguém leve a mal!

Meta mãos à obra para criar ou reciclar

Para quê gastar dinheiro numa fantasia de Carnaval, se a pode fazer a custo praticamente zero? Antes de mais, decida o tema e depois procure em casa materiais de que já não precisa e que podem ser reciclados e aproveitados para construir uma criativa e artesanal fantasia de Carnaval. Muitas vezes, a base de qualquer fantasia pode estar no nosso próprio guarda-roupa e necessitamos apenas de acrescentar ou comprar alguns pequenos acessórios. Em alternativa, faça uma troca de fantasias entre amigos: combinem um dia em que todos trazem todos os disfarces carnavalescos que têm vindo a colecionar ao longo dos anos e distribuem. Esta ideia low-cost também vale para as crianças: recicle fantasias de Carnaval já usadas pelos irmãos, primos ou amigos em outros anos. Mais barato é impossível!

“Carnavalize” os seus amigos

Se há épocas que não são para comemorar solitariamente, o Carnaval é uma delas. Conhece, com certeza, muitas pessoas que não apreciam particularmente esta data e que preferem não acompanhar os festejos que se comemoram de Norte a Sul do país – mas isso não é desculpa para não as conseguir convencer para um Entrudo mais caseiro. Organize um jantar em casa e decore pelo menos a sala de jantar a rigor – os martelinhos e as serpentinas não devem faltar, tal como o samba a sair da aparelhagem! O único pressuposto é que todos os convidados devem comparecer mascarados e, se possível, levar alguma coisa para o jantar, para ajudar a tornar o Carnaval o mais low-cost possível.

A pé ou de carro?

A forma mais simples de poupar dinheiro no Carnaval é vestir a fantasia, reunir a família e os amigos e sair de casa a pé, rumo aos festejos de rua no local onde vive. Mesmo na noite de Carnaval, haverá sempre festas com entrada gratuita – consulte as agendas culturais da sua zona. Mas, se a ideia é viajar até uma cidade próxima, onde sempre quis assistir à folia carnavalesca, junte alguns amigos num só carro, dividam o valor do combustível e metam-se à estrada, rumo a um Carnaval inesquecível e low-cost!

Carnaval a dois é mais económico…

E se este ano comemorassem o Carnaval apenas a dois? Elaborem um sensual jantar à luz das velas, fantasiem-se à altura e, depois de partilharem uma bela sobremesa, pesquisem alguns vídeos online e aprendam a sambar os dois! Faça a festa por menos dinheiro, mas não com menos folia…

O Carnaval é todos os anos!

Habitue-se a guardar as fantasias, os adereços e outros acessórios de Carnaval de um ano para o outro – não se estragam, mantêm-se atuais, podem ser reutilizados, trocados ou emprestados e evita ter de comprar elementos carnavalescos todos os anos.