Artigo

Title

16 dicas para poupar dinheiro no jardim

Imagem Teaser

Flores no jardim

Body

A jardinagem é um passatempo cada vez mais procurado, pela beleza e a tranquilidade que a própria atividade proporciona. No entanto, também pode revelar-se um passatempo caro, por isso, nada como algumas dicas económicas para poupar dinheiro, sem prejudicar o florescimento do seu jardim.

  1. É sempre mais económico adquirir sementes para plantar do que plantas e flores já envasadas. Como normalmente cada embalagem traz muitas sementes, pode aproveitar para fazer “troca de sementes” com amigos que também apreciem a jardinagem ou então guardá-las num local fresco e seco para o ano seguinte.
  2. Aproveite a água da chuva para regar as suas plantas e jardim – coloque diversos baldes ao ar livre para a recolher.
  3. Uma forma económica de conseguir plantas e flores novas para o seu jardim é pedindo enxertos das mesmas aos amigos ou então fazendo uma troca com outros amantes da jardinagem.
  4. Da mesma forma que faz qualquer outra compra, compare preços entre viveiros, hortas e lojas de jardinagem, sempre que tiver de adquirir  algo para o jardim. A Internet também já disponibiliza uma grande variedade de produtos para venda online e cujos preços merecem ser consultados.
  5. Se tiver mesmo de adquirir plantas, saiba que as maiores são sempre mais caras do que as menores, por isso, optar pelas mais pequenas costuma ser a escolha mais económica. No entanto, pode sempre adquirir uma planta grande e dividi-la em duas ou três pequenas. Veja o que compensa mais.
  6. Compre plantas e flores em grandes quantidades, fica sempre mais barato. Não precisa de 50 bolbos? Divida a compra com um ou mais amigos para uma poupança ainda maior.
  7. Não compre plantas ou flores impulsivamente – certifique-se que tem espaço adequado para as plantar e que as espécies em questão são adequadas ao clima onde vive. Caso contrário, será dinheiro deitado fora.
  8. Se tiver um jardim extenso e que requer grandes cuidados, compensa ainda comprar grandes quantidades de terra, fertilizante, estacas e outro material de jardinagem.
  9. Crie a sua própria compostagem, utilizando para o efeito os resíduos do jardim em si: folhas, relva cortada, pétalas murchas. Adicione os restos do seu lixo orgânico e não terá de comprar fertilizante. Em alternativa, pode usar outro tipo de material para criar uma compostagem saudável para um jardim, caso de aparas de madeira ou de lenha, palha ou papel de jornal triturado. Colocada em torno de plantas, flores e arbustos, a compostagem vai fornecer nutrientes preciosos à terra, mantendo-a ainda húmida, o que implica que gastará menos tempo e água a regar.
  10. Poupe na compra de pesticidas, ao confecionar os seus próprios pesticidas caseiros: deite sal entre as pedras ou tijolos do jardim para evitar a propagação de ervas daninhas. Em alternativa, faça uma mistura de vinagre e sabão da loiça, utilizando-a para pulverizar as ervas daninhas.
  11. Para evitar a evaporação da água durante as horas de maior calor, regue sempre o jardim de manhã cedo ou à noite. Para além de manter o jardim bem húmido, evita o desperdício de água e respetivos custos com a mesma. Evite sempre regar em excesso – os jardins não precisam de tanta água como imagina.
  12. Deixe a sua relva crescer um pouco em vez de a manter muito curtinha – assim vai requerer menos água por não estar tão rente à terra e, por isso mesmo, mais suscetível de secar.
  13. Embora seja mais trabalhoso, uma máquina de cortar relva manual é muito mais económica do que uma máquina elétrica, que requer combustível para funcionar. Para além disso, é mais amiga do ambiente!
  14. Invista em utensílios de jardim de elevada qualidade e tenha especial cuidado com a sua manutenção. Com o trabalho e esforço ao qual os equipamentos de jardinagem estão constantemente sujeitos, compensa ter utensílios robustos e duradouros, caso contrário, estará constantemente a renovar o seu equipamento. No caso da jardinagem, o barato pode sair caro…
  15. O Outono é uma altura tão boa como a Primavera para plantar e tem ainda a vantagem de plantas e flores a preços menores, uma vez que os viveiros e lojas especializadas querem esgotar o seu stock antes do Inverno.
  16. Em vez de pagar a uma empresa de jardinagem para cuidar do seu jardim, aprenda a fazê-lo você mesmo – quem sabe não descobre um novo e apaixonante hobby!